Re: Apresentação

Célio Cidral Junior ccidral.newsbox at gmail.com
Tue Aug 15 06:48:11 CDT 2006


Olá Daniel,

O seu patch veio no corpo do email. Poderias, por favor, enviá-lo em
anexo em arquivo texto codificado em UTF-8?

Abraço,

Célio.

Em 14/08/06, Daniel Serodio<daniel.listas at xxx.com.br> escreveu:
> Célio Cidral Junior wrote:
> > Em 08/08/06, Daniel Serodio<daniel.listas at xxx.com.br> escreveu:
> >
> >> Boa tarde,
> >>
> >> Sou usuário do Subversion deste a versão 1.0, acabei de assinar a lista,
> >> e gostaria de me voluntariar para traduzir parte do manual. Como devo
> >> prosseguir? Tenho interesse em especial no capítulo 4.
> >>
> >
> > Olá Daniel,
> >
> > Peço desculpas pela demora em responder. Normalmente, o tempo de
> > resposta é curto. Por favor, leia atentamente as instruções em:
> >
> >    http://svn.red-bean.com/svnbook/trunk/src/pt_BR/ASPIRANTE
> >
> > A parte que você deve traduzir é a seção "Why Properties?" do capítulo
> > 7 do livro. O arquivo-fonte que deve ser alterado é ch07.xml.
> >
> > Conto com seu apoio. Qualquer dúvida, estou à sua disposição!
> Tradução em anexo, espero que gostem do resultado. O único termo que não
> tenho muita certeza de como traduzir é "Subversion language bindings",
> que traduzi como "ligações de linguagem do Subversion".
>
> []'s
> Daniel Serodio
>
>
> Index: book/ch07.xml
> ===================================================================
> --- book/ch07.xml       (revision 2390)
> +++ book/ch07.xml       (working copy)
> @@ -1,4 +1,4 @@
> -<chapter id="svn.advanced">
> +<chapter id="svn.advanced">
>    <title>Advanced Topics</title>
>
>    <simplesect>
> @@ -733,54 +733,58 @@
>
>      <!-- =============================================================== -->
>      <sect2 id="svn.advanced.props.why">
> -      <title>Why Properties?</title>
> +      <title>Porquê propriedades?</title>
>
> -      <para>Properties can be very useful additions to your working
> -        copy.  In fact, Subversion itself uses properties to house
> -        special information, and as a way to denote that certain
> -        special processing might be needed.  Likewise, you can use
> -        properties for your own purposes.  Of course, anything you can
> -        do with properties you could also do using regular versioned
> -        files, but consider the following example of Subversion
> -        property use.</para>
> +      <para>Propriedades podem ser adições muito úteis à sua cópia de
> +        trabalho.  Na verdade, o próprio Subversion usa propriedades
> +        para abrigar informações especiais, e como forma de denotar
> +        que algum processamento especial pode ser necessário.  Da mesma
> +        forma, você pode usar propriedades para suas próprias
> +        necessidades.  Logicamente, tudo o que você pode fazer com
> +        propriedades, você também poderia fazer utilizando arquivos
> +        versionados regulares, mas considere o exemplo a seguir de uso
> +        de propriedades.</para>
>
> -      <para>Say you wish to design a website that houses many digital
> -        photos, and displays them with captions and a datestamp.  Now,
> -        your set of photos is constantly changing, so you'd like to
> -        have as much of this site automated as possible.  These photos
> -        can be quite large, so as is common with sites of this nature,
> -        you want to provide smaller thumbnail images to your site
> -        visitors.  You can do this with traditional files.  That is,
> -        you can have your <filename>image123.jpg</filename> and an
> -        <filename>image123-thumbnail.jpg</filename> side-by-side in a
> -        directory.  Or if you want to keep the filenames the same, you
> -        might have your thumbnails in a different directory, like
> -        <filename>thumbnails/image123.jpg</filename>.  You can also
> -        store your captions and datestamps in a similar fashion, again
> -        separated from the original image file.  Soon, your tree of
> -        files is a mess, and grows in multiples with each new photo
> -        added to the site.</para>
> +      <para>Imagine que você quer projetar um website que hospeda
> +        várias fotos digitais, e as exibe com legenda e data. Sua
> +        coleção de fotos está sempre mudando, então você gostaria de
> +        automatizar o máximo possível deste site.  Estas fotos podem
> +        ser bastante grandes, então, como é comum em sites desta
> +        natureza, você quer disponibilizar miniaturas das imagens
> +        para os visitantes do seu site.  Você pode fazer isso
> +        com arquivos tradicionais.  Isto é, você pode ter a sua
> +        <filename>imagem123.jpg</filename> e uma
> +        <filename>imagem123-miniatura.jpg</filename> lado a lado em um
> +        diretório.  Ou, se você quiser manter os nomes de arquivo
> +        iguais, você pode armazenar suas miniaturas em um diretório
> +        separado, como <filename>miniaturas/imagem123.jpg</filename>.
> +        Você também pode armazenar as legendas e datas das fotos de
> +        maneira similar, igualmente separadas do arquivo contendo a
> +        imagem  original.  Rapidamente, sua árvore de arquivos é uma
> +        bagunça, e se multiplica a cada nova foto adicionada ao
> +        site.</para>
>
> -      <para>Now consider the same setup using Subversion's file
> -        properties.  Imagine having a single image file,
> -        <filename>image123.jpg</filename>, and then properties set on
> -        that file named <literal>caption</literal>,
> -        <literal>datestamp</literal>, and even
> -        <literal>thumbnail</literal>.  Now your working copy directory
> -        looks much more manageable—in fact, it looks like there
> -        are nothing but image files in it.  But your automation
> -        scripts know better.  They know that they can use
> -        <command>svn</command> (or better yet, they can use the
> -        Subversion language bindings—see <xref
> -        linkend="svn.developer.usingapi.otherlangs" />) to dig out the extra
> -        information that your site needs to display without having to
> -        read an index file or play path manipulation games.</para>
> +      <para>Agora, considere a mesma configuração usando propriedades
> +        de arquivo do Subversion.  Imagine ter um único arquivo de
> +        imagem, <filename>imagem123.jpg</filename>, e propriedades
> +        atribuídas a este arquivo entituladas
> +        <literal>legenda</literal>, <literal>data</literal> e até
> +        <literal>miniatura</literal>. Agora, sua cópia de trabalho
> +        parece muito mais gerenciável—na verdade, ela parece
> +        armazenar apenas arquivos de imagem.  Mas seus scripts de
> +        automação sabem que não é só isso.  Eles sabem que podem usar
> +        <command>svn</command> (ou melhor ainda, eles podem usar as
> +        ligações de lingaguem do Subversion—veja <xref
> +        linkend="svn.developer.usingapi.otherlangs" />) para extrair
> +        as informações extras que seu site precisa para exibí-las
> +        sem ter que ler um arquivo de índice ou brincar de manipulação
> +        de caminhos de arquivo.</para>
>
> -      <para>How (and if) you use Subversion properties is up to you.
> -        As we mentioned, Subversion has it own uses for properties,
> -        which we'll discuss a little later in this chapter.  But
> -        first, let's discuss how to manipulate properties using the
> -        <command>svn</command> program.</para>
> +      <para>Como (e se) você usa propriedades do Subversion, é você
> +        quem sabe.  Como mencionamos, o Subversion tem seus próprios
> +        usos para propriedades, que discutiremos mais adiante neste
> +        capítulo.  Mas primeiro, vamos discutir como manipular
> +        propriedades usando o programa <command>svn</command>.</para>
>
>      </sect2>
>
>
>
>




More information about the svn-pt_br mailing list