[svnbook-pt-br commit] r142 - trunk/book

codesite-noreply at google.com codesite-noreply at google.com
Sun Aug 3 17:02:10 CDT 2008


Author: mfandrade
Date: Sun Aug  3 15:01:58 2008
New Revision: 142

Modified:
   trunk/book/ch02-basic-usage.xml

Log:
Tradução do capítulo 2 - Utilização Básica, subseção "Fazer Alterações
em Sua Cópia de Trabalho".


Modified: trunk/book/ch02-basic-usage.xml
==============================================================================
--- trunk/book/ch02-basic-usage.xml	(original)
+++ trunk/book/ch02-basic-usage.xml	Sun Aug  3 15:01:58 2008
@@ -455,76 +455,82 @@
 
     <!-- =============================================================== -->
     <sect2 id="svn.tour.cycle.edit">
-      <title>Make Changes to Your Working Copy</title>
+      <title>Fazer Alterações em Sua Cópia de Trabalho</title>
 
-      <para>Now you can get to work and make changes in your working
-        copy.  It's usually most convenient to decide on a discrete
-        change (or set of changes) to make, such as writing a new
-        feature, fixing a bug, etc.  The Subversion commands that you
-        will use here are <command>svn add</command>, <command>svn
+      <para>Agora você já pode trabalhar e fazer alterações em sua cópia
+        de trabalho.  É comumente mais conveniente optar por fazer uma
+        alteração (ou conjunto de alterações) discreta, como escrever um
+        novo recurso, corrigir um bug, etc.  Os comandos do Subversion
+        que você usará aqui são <command>svn add</command>, <command>svn
         delete</command>, <command>svn copy</command>, <command>svn
-        move</command>, and <command>svn mkdir</command>.  However, if
-        you are merely editing files that are already in Subversion,
-        you may not need to use any of these commands until you
-        commit.</para>
-
-      <para>There are two kinds of changes you can make to your
-        working copy: file changes and tree changes.  You don't need
-        to tell Subversion that you intend to change a file; just make
-        your changes using your text editor, word processor, graphics
-        program, or whatever tool you would normally use.  Subversion
-        automatically detects which files have been changed, and in
-        addition handles binary files just as easily as it handles
-        text files—and just as efficiently too.  For tree
-        changes, you can ask Subversion to <quote>mark</quote> files
-        and directories for scheduled removal, addition, copying, or
-        moving.  These changes may take place immediately in your
-        working copy, but no additions or removals will happen in the
-        repository until you commit them.</para>
-
-      <para>Here is an overview of the five Subversion subcommands
-        that you'll use most often to make tree changes.</para>
+        move</command>, e <command>svn mkdir</command>.  No entanto, se
+        você está meramente editando arquivos que já se encontram no
+        Subversion, você pode não precisar usar nenhum destes comandos
+        para registrar suas alterações.</para>
+
+      <para>Há dois tipos de alterações que você pode fazer em sua cópia
+        de trabalho: alterações nos arquivos e alterações na árvore.
+        Você não precisa avisar ao Subversion que você pretende
+        modificar um arquivo; apenas faça suas alterações usando seu
+        editor de texto, suite de escritório, programa gráfico, ou
+        qualquer outra ferramenta que você use normalmente.  O
+        Subversion automaticamente irá identificar que arquivos foram
+        modificados, ele também vai manipular arquivos binários da mesma
+        forma que manipula arquivos de texto—e tão eficientemente
+        quanto.  Para alterações na árvore, você pode solicitar ao
+        Subversion que <quote>marque</quote> os arquivos e diretórios
+        para remoção, adição, cópia ou movimentação agendada.  Estas
+        alterações terão efeito imediatamente em sua cópia de trabalho,
+        mas nenhuma adição ou remoção vai acontecer no repositório até
+        que você registre tais alterações.</para>
+
+      <para>Aqui está uma visão geral dos cinco subcomandos do
+        Subversion que você vai usar mais frequentemente para fazer
+        alterações na árvore.</para>
 
       <sidebar>
-        <title>Versioning symbolic links</title>
+        <title>Versionando links simbólicos</title>
 
-        <para>On non-Windows platforms, Subversion is able to version
-          files of the special type <firstterm>symbolic
-          link</firstterm> (or, <quote>symlink</quote>).  A symlink is
-          a file which acts as a sort of transparent reference to some
-          other object in the filesystem, allowing programs to read
-          and write to those objects indirectly by way of performing
-          operations on the symlink itself.</para>
-
-        <para>When a symlink is committed into a Subversion
-          repository, Subversion remembers that the file was in fact a
-          symlink, as well as the object to which the symlink
-          <quote>points</quote>.  When that symlink is checked out to
-          another working copy on a non-Windows system, Subversion
-          reconstructs a real filesystem-level symbolic link from the
-          versioned symlink.  But that doesn't in any way limit the
-          usability of working copies on systems such as Windows which
-          do not support symlinks.  On such systems, Subversion simply
-          creates a regular text file whose contents are the path to
-          which to the original symlink pointed.  While that file
-          can't be used as a symlink on a Windows system, it also
-          won't prevent Windows users from performing their other
-          Subversion-related activities.</para> </sidebar>
+        <para>Em plataformas não-Windows, o Subversion é capaz de
+          versionar arquivos do tipo especial <firstterm>link
+          simbólico</firstterm> (ou, <quote>symlink</quote>).  Um
+          link simbólico é um arquivo que funciona como uma espécie de
+          referência transparente para alguns outros objetos no sistema
+          de arquivos, permitindo que programas leiam e escrevam nestes
+          objetos indiretamente através da execução destas operações no
+          link simbólico em si.</para>
+
+        <para>Quando um link simbólico é registrado em um repositório
+          Subversion, o Subversion se lembra que o arquivo é de fato um
+          symlink, bem como também se lembra do objeto ao qual o link
+          <quote>aponta</quote>.  Quando o link simbólico sofre um
+          checkout em outra cópia de trabalho em um sistema não-Windows,
+          o Subversion recria um link simbólico no nível do sistema de
+          arquivos real a partir do symlink versionado.  Mas isto de
+          forma nenhuma limita a usabilidade das cópias de trabalho em
+          sistmas como o Windows que não suportam links simbólicos.
+          Nesses sistemas, o Subversion simplesmente cria um arquivo de
+          texto normal que cujo conteúdo é o caminho para o qual o link
+          original aponta.  Apesar deste arquivo não poder ser usado
+          como link simbólico num sistema Windows, ele também não
+          previne os usuários Windows de executarem suas outras
+          atividades relacionadas ao Subversion.</para> </sidebar>
 
       <variablelist>
 
         <varlistentry>
           <term><command>svn add foo</command></term>
           <listitem>
-            <para>Schedule file, directory, or symbolic link
-              <filename>foo</filename> to be added to the repository.
-              When you next commit, <filename>foo</filename> will
-              become a child of its parent directory.  Note that if
-              <filename>foo</filename> is a directory, everything
-              underneath <filename>foo</filename> will be scheduled
-              for addition.  If you only want to add
-              <filename>foo</filename> itself, pass the
-              <option>--non-recursive (-N)</option> option.</para>
+            <para>Agenda o arquivo, diretório, ou link simbólico 
+              <filename>foo</filename> para ser adicionado ao
+              repositório.  Na próxima vez que você der um commit,
+              <filename>foo</filename> passará a fazer parte do
+              diretório pai onde estiver.  Veja que se
+              <filename>foo</filename> for um diretório, tudo que
+              estiver dentro de <filename>foo</filename> será marcado
+              para adição.  Se você quiser adicionar apenas o diretório
+              <filename>foo</filename> em si, inclua a opção
+              <option>--non-recursive (-N)</option>.</para>
 
           </listitem>
         </varlistentry>
@@ -532,22 +538,23 @@
         <varlistentry>
           <term><command>svn delete foo</command></term>
           <listitem>
-            <para>Schedule file, directory, or symbolic link
-              <filename>foo</filename> to be deleted from the
-              repository.  If <filename>foo</filename> is a file or
-              link, it is immediately deleted from your working copy.
-              If <filename>foo</filename> is a directory, it is not
-              deleted, but Subversion schedules it for deletion.  When
-              you commit your changes, <filename>foo</filename> will
-              be entirely removed from your working copy and the
-              repository.
-              <footnote><para>Of course, nothing is ever totally
-              deleted from the repository—just from the
-              <literal>HEAD</literal> of the repository.  You can get
-              back anything you delete by checking out (or updating
-              your working copy to) a revision earlier than the one in
-              which you deleted it. Also see
-              <xref linkend="svn.branchmerge.commonuses.resurrect"/>.
+            <para>Agenda o arquivo, diretório, ou link simbólico
+              <filename>foo</filename> para ser excluído do repositório.
+              Se <filename>foo</filename> for um arquivo ou link, ele é
+              imediatamente removido de sua cópia de trabalho.  Se 
+              <filename>foo</filename> for um diretório, ele não é
+              excluído, mas o Subversion o deixa agendado para exclusão.
+              Quando você der commit em suas alterações,
+              <filename>foo</filename> será inteiramente removido de sua
+              cópia de trabalho e do repositório.
+              <footnote><para>Claro que nada é completamente excluído do
+              repositório—mas apenas da versão
+              <literal>HEAD</literal> do repositório.  Você pode trazer
+              de volta qualquer coisa que você tenha excluído dando um
+              checkout (ou atualizando sua cópia de trabalho) para uma
+              revisão anterior àquela em que você tenha feito a
+              exclusão.  Veja também <xref 
+              linkend="svn.branchmerge.commonuses.resurrect"/>.
             </para></footnote></para>
           </listitem>
         </varlistentry>
@@ -555,62 +562,63 @@
         <varlistentry>
           <term><command>svn copy foo bar</command></term>
           <listitem>
-            <para>Create a new item <filename>bar</filename> as a
-              duplicate of <filename>foo</filename> and automatically
-              schedule <filename>bar</filename>  for addition.
-              When <filename>bar</filename> is added to the
-              repository on the next commit, its copy history is
-              recorded (as having originally come from
+            <para>Cria um novo item <filename>bar</filename> como uma
+              duplicata de <filename>foo</filename> e agenda
+              <filename>bar</filename> automaticamente para adição.
+              Quando <filename>bar</filename> for adicionado ao
+              repositório no próximo commit, o histórico da cópia é
+              gravado (como vindo originalmente de
               <filename>foo</filename>).  <command>svn copy</command>
-              does not create intermediate directories.</para>
+              não cria diretórios intermediários.</para>
           </listitem>
         </varlistentry>
 
         <varlistentry>
           <term><command>svn move foo bar</command></term>
           <listitem>
-            <para>This command is exactly the same as running
-              <command>svn copy foo bar; svn delete foo</command>.
-              That is, <filename>bar</filename> is scheduled for
-              addition as a copy of <filename>foo</filename>, and
-              <filename>foo</filename> is scheduled for removal.
-              <command>svn move</command> does not create intermediate
-              directories.</para>
+            <para>Este comando é exatamente o mesmo que <command>svn
+              copy foo bar; svn delete foo</command>.  Isto é,
+              <filename>bar</filename> é agendado para ser adicionado
+              como uma cópia de <filename>foo</filename>, e 
+              <filename>foo</filename> é agendado para remoção.
+              <command>svn move</command> não cria diretórios
+              intermediários.</para>
           </listitem>
         </varlistentry>
 
         <varlistentry>
           <term><command>svn mkdir blort</command></term>
           <listitem>
-            <para>This command is exactly the same as running
-              <command>mkdir blort; svn add blort</command>.  That is,
-              a new directory named <filename>blort</filename> is
-              created and scheduled for addition.</para>
+            <para>Este comando é exatamente o mesmo que se executar 
+              <command>mkdir blort; svn add blort</command>.  Isto é, um
+              novo diretório chamado <filename>blort</filename> é criado
+              e agendado para adição.</para>
           </listitem>
         </varlistentry>
 
       </variablelist>
 
       <sidebar>
-        <title>Changing the Repository Without a Working Copy</title>
+        <title>Modificando o Repositório Sem uma Cópia de Trabalho</title>
 
-        <para>There <emphasis>are</emphasis> some use cases that
-          immediately commit tree changes to the repository.  This
-          only happens when a subcommand is operating directly on a
-          URL, rather than on a working-copy path.  In particular,
-          specific uses of <command>svn mkdir</command>, <command>svn
-          copy</command>, <command>svn move</command>, and
-          <command>svn delete</command> can work with URLs (And don't
-          forget that <command>svn import</command> always makes
-          changes to a URL).</para>
-
-        <para>URL operations behave in this manner because commands
-          that operate on a working copy can use the working copy as a
-          sort of <quote>staging area</quote> to set up your changes
-          before committing them to the repository.  Commands that
-          operate on URLs don't have this luxury, so when you operate
-          directly on a URL, any of the above actions represent an
-          immediate commit.</para>
+        <para><emphasis>Há</emphasis> algumas formas de registrar
+          alterações imediatamente na árvore do repositório.  Isto
+          apenas acontece quando um subcomando está operando diretamente
+          numa URL, ao invés de na cópia de trabalho.  Em particular,
+          usos específicos de <command>svn mkdir</command>, <command>svn
+          copy</command>, <command>svn move</command>, e
+          <command>svn delete</command> trabalham com URLs (e não
+          esqueça que o <command>svn import</command> sempre faz
+          alterações em uma URL).</para>
+
+        <para>Operações em URL funcionam desta maneira porque os
+          comandos que operam em uma cópia de trabalho podem usar a
+          cópia de trabalho como uma espécie de <quote>área de
+          teste</quote> onde executar suas alterações antes de
+          registrá-las efetivamente no repositório.  Os comandos que
+          operam em URLs não dispõe deste luxo, então quando você opera
+          diretamente em uma URL, quaisquer das ações acima resultam em
+          commits imediatos.</para>
 
       </sidebar>
 




More information about the svn-pt_br mailing list