Re: Tradução pt_br

Bruno Leonardo brunolmfg at gmail.com
Fri Nov 7 12:20:07 CST 2008


João,

verifiquei que você ainda não submeteu essa tradução. Então, retraduzi as
partes referentes a sua tradução acompanhando e revisando seu texto. Já
estão no repositório a tradução das partes que você enviou à lista de
discussão. Contudo, é importante que você domine o processo de
checkout/update/commit, e aplique as diretrizes do projeto para o processo
de tradução.

Att,

Bruno Leonardo Gonçalves.


2008/9/30 João Miguel <miguelcpjava at gmail.com>

>
> Pag 173 e parte de 174
>
> Área de configuração do Layout
>
> A primeira vez que o cliente svn-command-line é executado, cria uma área de
> configuração por usuário. No Unix como sistema, essa área aparece como um
> diretório
> chamado .subversion no diretório  home do usuário. No sistema win32, o
> Subversion cria uma pasta chamada Subversion, tipicamente dentro da
> Application Data na área
> do diretório do perfil do usuário.(cujo, aproposito, é freqüentemente um
> diretório oculto) , Porém, nessa plataforma a localização exata difere de
> sistema para sistema, e é
> ditada pelo registro do Windows. Iremos referir-se à configuração por
> usuário usando Unix .subversion.
>
> Adicionando a área de configuração por usuário, Subversion Também
> reorganiza a existência de uma área de configuração de uma largura de
> sistema. Isto dá aos
> administradores de sistema a capacidade de estabelecer padrões para todos
> os usuários em um
> determinada máquina. Note que a configuração do sistema a nível domínio não
> é obrigatório sozinho ditar a política — de
> configurações na área por usuário sobrescrever aquelas configurações do
> sistema à escala um, e de argumentos da linha de comando
> svn  fornecidos ao programa, tem a palavra final sobre comportamento. Em
> plataformas Unix-like, o system-wide
> configura a área  esperada, que seja o arquivo/etc/subversion directory; em
> máquinas Windows, ele olha para uma Subversion comum dentro do diretório
> Application Data
> (novamente, conforme especificado pelo Windows Registry). Diferentemente do
> caso por usuário, que o programa svn não tenta criar área de configuração de
> uma largura
> de sistema.
> Área de configurações por usuário atualmente contem três arquivos — Dois
> arquivos de configuração (configuração e Server), e um arquivo de texto um
> README.txt que
> descreve o formato INI. No Tempo de sua criação, os arquivos continha
> valores padrões para cada opção suportada do Subversion, principalmente
> comentadas fora e
> agrupadas com descrições textuais sobre como os valores para a chave afeta
> o comportamento do Subversion. Para mudar certo comportamento, você
> necessita apenas
> carregar o arquivo de configuração apropriada dentro do editor de texto, e
> modificar o valor da opção desejada. Se a qualquer hora você tem o desejo de
> restaurar a configuração padrão, você pode simplesmente remover (ou
> renomear) seu diretório de configuração e então roda alguns inofensivos
> comandos svn, tal como svn--version. Uma nova configuração padrão do
> diretório com conteúdo será criado.
> A configuração de área por usuário também contem um cache de autenticação
> de dados. O diretório detém um autor, um conjunto de subdiretórios que
> contém pedaços de informações em cache utilizados por diversos Subversion's
> apoiados por métodos de autenticação. Esse diretório é criado de forma a que
> apenas, ele mesmo, o usuário tem permissão a ler o seu conteúdo.
>
>
>
>
>
>
> =========================
> João Miguel
> Desenvolvedor JSF
> =========================
>
>
-------------- next part --------------
An HTML attachment was scrubbed...
URL: <http://www.red-bean.com/pipermail/svn-pt_br/attachments/20081107/a15c9e91/attachment.html>


More information about the svn-pt_br mailing list