uso dos comandos ou termos em ingles como verbos

Giovanni Júnior giovannijunior at gmail.com
Sun Nov 23 23:01:49 CST 2008


A tradução do SVN (
http://svn.collab.net/repos/svn/trunk/subversion/po/pt_BR.po) usa "commit"
mesmo.

Pessoalmente, não vejo vantagem nisso. Se pra quem conhece algo de inglês já
não fica muito claro o significado do termo "commit", imaginem pra quem só
conhece português. Além disso, talvez eu seja leigo e esteja deixando fugir
algum detalhe; mas não vejo nenhum prejuízo para o significado quando se
traduz "commit" como "enviar" ou "submeter" código. Quanto a "comitar",
(pessoalmente,) nem chego a considerar a hipótese...

Essa discussão sobre traduzir ou não certos termos é recorrente aqui na
lista e já gerou algumas discussões anteriormente. Por exemplo:
http://www.mail-archive.com/svn-pt_br@red-bean.com/msg00556.html
http://www.mail-archive.com/svn-pt_br@red-bean.com/msg00285.html

É difícil chegar a um consenso, porque é algo um tanto subjetivo. Mas, no
caso do "commit", especificamente, o uso do termo em inglês pelos tradutores
do SVN pode ajudar a decidir.

A título de curiosidade: a versão em espanhol do svnbook traduz "commit"
como "enviar"; a versão em italiano traduz como "efetuar commit".


2008/11/24 Marcelo Andrade <mfandrade at gmail.com>

> ---------- Forwarded message ----------
> From: Alexandre Magno Brito de Medeiros <alexandre.mbm at gmail.com>
> Date: 2008/11/23
> Subject: Re: uso dos comandos ou termos em ingles como verbos
> To: Marcelo Andrade <mfandrade at gmail.com>
>
> 2008/11/23 Marcelo Andrade <mfandrade at gmail.com>
> >
> >    "you have to commit the data"...
> >
> > (...) "commit" [está] no nosso glossário como "Submeter (v); Submissão
> (s)"
> >
> > Tem outros casos similares para "checkout", "update" etc...
> >
> > Qual é a nossa ação neste caso: (i)deixar o termo original referindo-se
> > ao comando, (ii) considerar o termo como verbo e traduzí-lo ajustando a
> > frase, (iii) mencionar o termo original entre parênteses (com
> foreignphrase
> > na primeira ocorrência) ou outra alternativa?
>
> Penso que a qualidade da tradução fica bem melhor mantendo o termo
> original, por incrível que pareça. Realmente é uma idéia estranha:
> "tradução melhor sem traduzir algumas coisas".
>
> O que acontece é que alguns termos de tecnologia já fazem parte do
> nosso dia-a-dia como originalmente nos idiomas com o qual foram
> originalmente desenvolvidos. Sendo assim a comunicação feita pelo
> texto fica muito mais eficiente se abrirmos mão de algumas coisas.
>
> O linguísticos nacionalistas podem não gostar dessa estória,
> principalmente os de portugal.
>
> Vejamos alguns exemplos:
>
> - Fazer login / logout / logoff
> - Fazer um checkout / checkin / commit
> - "Logar"
> - "Comitar"
>
> Até mesmo o intercâmbio de conhecimento entre desenvolvedores de
> nacionalidades (idiomas) diferentes, fica facilitado. Penso que hoje
> as coisas já são naturalmente assim. Querer traduzir "tudo" para o
> português seria algo subversivo. Isso pode ser elogio, mas também pode
> ser perda.
>
> Alexandre Magno
> _______________________________________________
> svn-pt_br mailing list
> svn-pt_br at red-bean.com
> http://www.red-bean.com/mailman/listinfo/svn-pt_br
>
-------------- next part --------------
An HTML attachment was scrubbed...
URL: <http://www.red-bean.com/pipermail/svn-pt_br/attachments/20081124/d9e93ef1/attachment.html>


More information about the svn-pt_br mailing list