[svnbook-pt-br commit] r228 - trunk/book

codesite-noreply at google.com codesite-noreply at google.com
Wed Oct 29 05:19:49 CDT 2008


Author: mfandrade
Date: Wed Oct 29 03:19:13 2008
New Revision: 228

Modified:
    trunk/book/ch05-repository-admin.xml

Log:
Pequenos ajustes com o texto do capítulo 05 na última parte traduzida.

Modified: trunk/book/ch05-repository-admin.xml
==============================================================================
--- trunk/book/ch05-repository-admin.xml	(original)
+++ trunk/book/ch05-repository-admin.xml	Wed Oct 29 03:19:13 2008
@@ -414,30 +414,30 @@
      <sect2 id="svn.reposadmin.basics.backends">
        <title>Escolhendo uma Base de Dados</title>

-      <para>A partir da versão 1.1, o Subversion provê duas opções de
-        tipos de base de dados—frequentemente referenciada como
-        o <quote>back-end</quote> ou, de uma maneira que causa confusão,
-        <quote>o sistema de aruivos (versionado)</quote>— que
-        poderão ser utilizadas pelos repositórios. Um tipo mantém tudo
-        em um ambiente de banco de dados Berkeley DB (ou BDB);
-        repositórios baseados nesse ambiente também são conhecidos como
-        <quote>BDB-backed</quote>. O outro tipo de armazenagem de dados
-        usa arquivos comuns, com um formato próprio. Os desenvolvedores
-        Subversin têm o hábito de chamar esse último mecanismo de
+      <para>A partir da versão 1.1, o Subversion oferece duas opções de
+        tipos de base de dados—frequentemente referenciada como o
+        <quote>back-end</quote> ou, de uma maneira que causa confusão,
+        <quote>o sistema de arquivos (versionado)</quote>—que
+        poderão ser utilizadas pelos repositórios.  Um tipo mantém tudo
+        em um ambiente de banco de dados Berkeley DB (ou BDB);
+        repositórios baseados nesse ambiente também são conhecidos como
+        <quote>BDB-backed</quote>.  O outro tipo de armazenagem de dados
+        usa arquivos comuns, com um formato próprio.  Os desenvolvedores
+        do Subversion têm o hábito de chamar esse último mecanismo de
          <firstterm>FSFS</firstterm>
          <footnote>
-          <para>Frequentemente pronunciado com <quote>fuzz-fuzz</quote>,
-            se Jack  Repenning tem algo a dizer sobre isso. (Esse livro,
-            entretanto, assume que o leitos está pensando
-            <quote>eff-ess-eff-ess</quote>.)</para>
-        </footnote>
-        —uma implementação de sistema de arquivos versionado que
-        usa diretamente o sistema de arquivos nativo do Sistema
-        Operacional—ao invés de uma biblioteca de banco de dados
-        ou outra camada de abstração— para armazenar os dados.</para>
-
+          <para>Frequentemente pronunciado como <quote>fuzz-fuzz</quote>,
+            a menos que Jack Repenning tenha algo a dizer sobre isso.
+            (Este livro, entretanto, assume que o leitor está pensando
+            <quote>efe-esse-efe-esse</quote>.)</para>
+        </footnote>—uma implementação de sistema de arquivos
+        versionado que usa diretamente o sistema de arquivos nativo do
+        Sistema Operacional—ao invés de uma biblioteca de banco de
+        dados ou outra camada de abstração— para armazenar os
+        dados.</para>
+
        <para><xref linkend="svn.reposadmin.basics.backends.tbl-1" />
-        fornece um comparativo geral dos repositórios Berkeley DB e
+        fornece um comparativo geral dos repositórios Berkeley DB e
          FSFS.</para>

        <table id="svn.reposadmin.basics.backends.tbl-1">
@@ -455,7 +455,7 @@
              <row>
                <entry morerows="1">Confiabilidade</entry>
                <entry>Integridade dos Dados</entry>
-              <entry>quando corretamente implementado é extremamente
+              <entry>quando corretamente implementado é extremamente
                  confiável; Berkeley DB 4.4 oferece auto-recuperação</entry>
                <entry>versões antigas têm bugs que comprometem os dados,
                  mas essas situações acontecem raramente</entry>
@@ -463,13 +463,13 @@
              <row>
                <entry>Sensibilidade a interrupções</entry>
                <entry>grande; travamentos e problemas de permissões podem
-                deixar a base de dados <quote>quebrada</quote>,
+                deixar a base de dados <quote>quebrada</quote>,
                  requerindo procedimentos para recuperação.</entry>
                <entry>bastante insensível</entry>
              </row>
              <row>
                <entry morerows="3">Acessibilidade</entry>
-              <entry>Usável de uma sistema de arquivos "montado" como
+              <entry>Usável de uma sistema de arquivos "montado" como
                  "somente leitura"</entry>
                <entry>não</entry>
                <entry>sim</entry>
@@ -481,7 +481,7 @@
              </row>
              <row>
                <entry>Usável em sistemas de arquivos de rede</entry>
-              <entry>geralmente, não</entry>
+              <entry>geralmente não</entry>
                <entry>sim</entry>
              </row>
              <row>
@@ -493,17 +493,16 @@
              <row>
                <entry morerows="2">Escalabilidade</entry>
                <entry>Uso de disco do repositório</entry>
-              <entry>grande (especialmente se arquivos de log não são
+              <entry>grande (especialmente se arquivos de log não são
                  limpados)</entry>
                <entry>pequeno</entry>
              </row>
              <row>
                <entry>Número de árvores de revisão</entry>
-              <entry>banco de dados;  sem problemas</entry>
-              <entry>alguns sistemas de arquivos nativos antigos não
-                crescem bem com
-                some older native filesystems don't scale well with
-                milhares de entradas em um único diretório</entry>
+              <entry>banco de dados; sem problemas</entry>
+              <entry>alguns sistemas de arquivos nativos antigos não
+                crescem bem com milhares de entradas em um único
+                diretório</entry>
              </row>
              <row>
                <entry>Diretórios com muitos arquivos</entry>
@@ -527,31 +526,31 @@
          </tgroup>
        </table>

-      <para>Existem vantagens e desvantagens em cada um desses dois
-        mecanismos de armazenamento. Nenhum deles é mais
+      <para>Existem vantagens e desvantagens em cada um desses dois
+        mecanismos de armazenamento.  Nenhum deles é mais
          <quote>oficial</quote> que o outro, embora os novos FSFS sejam
-        o padrão do Subversion 1.2. Ambos são confiáveis o suficiente
-        para confiar seus dados versionados. Mas como você pode ver em
+        o padrão do Subversion 1.2.  Ambos são seguros o bastante para
+        você confiar seus dados versionados.  Mas como você pode ver em
          <xref linkend="svn.reposadmin.basics.backends.tbl-1" />, o FSFS
-        oferece um pouco mais de flexibilidade em termos de seus
-        cenários de implantação. Maior flexibilidade significa que você
+        oferece um pouco mais de flexibilidade em termos de seus
+        cenários de implantação.  Maior flexibilidade significa que você
          tem que trabalhar um pouco mais para encontrar formas de
-        implantá-lo incorretamente. Essas razões—adicionadas
-        ao fato de que não usando Berkeleu DB significa que existem um
+        implantá-lo incorretamente.  Essas razões—adicionadas
+        ao fato de que não usando Berkeley DB significa que existem um
          componente a menos no sistema—explicam porque atualmente
          quase todo mundo utiliza o FSFS para criar novos repositórios.
-        </para>
-
+        </para>
+
        <para>Felizmente, muitos programas que acessam os repositórios
          Subversion são abençoados por ignorarem o mecanismo de
-        armazenamento que está em uso. E você nem mesmo precisa se
-        preocupar com a sua primeira escolha de mecanismo de
-        armazenamento—no caso de você mudar de idéia
-        posteriormente, o Subversion oferece formas de migrar os dados
+        armazenamento que está em uso.  E você nem mesmo precisa se
+        preocupar com a sua primeira escolha de mecanismo de
+        armazenamento—no caso de você mudar de idéia
+        posteriormente, o Subversion oferece formas de migrar os dados
          do seu repositório para outro repositório que usa um mecanismo
-        de armazenamento diferente. Nós iremos falar mais sobre isso
-        nesse capítulo.</para>
-
+        de armazenamento diferente.  Nós iremos falar mais sobre isso
+        nesse capítulo.</para>
+
        <para>As seguintes subseções oferecem uma visão mais detalhada
          sobre os tipos de mecanismos de armazenamento disponíveis.</para>



More information about the svn-pt_br mailing list